Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Bem-vindo a Samos, jangada de pedra

Em Vathy, capital da ilha, há hoje 8000 migrantes, tantos ou mais do que os habitantes locais. O campo de refugiados estava preparado para 650, por isso a maior parte vive na “selva”, partilhando tendas improvisadas com ratos, percevejos e até cobras e escorpiões. 1800 são crianças. São as 15 ONG a operar na cidade que tentam responder às suas mais básicas necessidades.

Foto