Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Junte-se já a esta comunidade por apenas 19,90€ por ano.

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Dos testes às máscaras, o que se comprou numa Europa pouco transparente?

De todos os países europeus, Portugal foi aquele com o maior número de contratos analisados e um dos mais transparentes – por cá, a divulgação dos contratos públicos é obrigatória. Na Ucrânia e na República Checa, chegou a pagar-se 37 euros por respiradores FFP2.

contratos-covid19,covid19,coronavirus,pglobal,sociedade,
Foto
Um teste à covid-19 em Paris, França REUTERS/Christian Hartmann