Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Junte-se já a esta comunidade por apenas 19,90€ por ano.

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Na primeira pessoa

“Chegámos a ter pessoas que já não tinham como pôr um prato de sopa na mesa”

David Santos, técnico de luz de 45 anos, é um dos muitos trabalhadores da cultura desempregados na sequência da pandemia. Desde Agosto que se dedica à União Audiovisual, grupo de entreajuda que apoia os profissionais do sector da cultura. Actualmente distribuem 250 cabazes de alimentos por mês. “Eu próprio já tive de recorrer à ajuda da União. Não tenho vergonha de o dizer.” Testemunho na primeira pessoa.

covid19,coronavirus,pglobal,questoes-sociais,culturaipsilon,desemprego,
Foto
Daniel Rocha