Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Oito milhões emprestados a firma de Vieira terão sido usados para “benefício pessoal”

Crédito foi concedido pelo BES menos de um mês antes da sua resolução. Ministério Público diz que Vieira ocultou benefício pessoal. Empresário deu uma versão diferente no Parlamento.

sociedade,ministerio-publico,justica,bes,ricardo-salgado,banca,
Foto
Rui Gaudencio