Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

João Rendeiro foge para fora da Europa. “É acto de legítima defesa”

O ex-presidente do Banco Privado Português foi condenado nesta terça-feira a três anos e seis meses de prisão efectiva num processo por crimes de burla qualificada.

Carro
Foto
João Rendeiro com o seu advogado José Miguel Júdice no início do julgamento do caso BPP, em 2014 enric vives-rubio