Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Prémio Camões para a escritora moçambicana Paulina Chiziane, uma “caçadora” de histórias

Depois de em 2020 ter sido premiado o ensaísta e académico português Vítor Manuel Aguiar e Silva; e de em 2019 aquele que é o mais celebrado prémio de língua portuguesa ter ido para o brasileiro Chico Buarque, o Camões distingue agora a autora de Niketche: Uma História de Poligamia.

premio-camoes,entrevista,literatura,culturaipsilon,livros,brasil,
Foto
Paulina Chiziane, Prémio Camões 2021 Otávio de Souza