Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Stoltenberg admite que existe um “risco real” de conflito armado na Europa

Primeira reunião do Conselho NATO-Rússia em dois anos não pôs fim ao impasse na fronteira da Ucrânia. Moscovo continua a exigir que a aliança trave a entrada de novos membros. A NATO promete ajudar a Ucrânia “no que for necessário” para se defender da agressão russa.

eua,mundo,russia,ucrania,europa,nato,
Foto
Jens Stoltenberg, secretário-geral da NATO JOHANNA GERON/Reuters