Os conteúdos aqui seleccionados são exclusivos para assinantes PGLOBAL

Assine já

O PGLOBAL está incluído na assinatura PÚBLICO.

Já é assinante? Inicie sessão aqui

Biden foi à ONU denunciar a “guerra de um só homem” e alertar: um conflito nuclear não terá vencedores

Presidente dos EUA pediu união contra as “ameaças irresponsáveis” de Putin e defendeu que os Estados não podem ser “testemunhas passivas da História”. UE e Reino Unido dizem que a “mobilização” russa é uma “demonstração de fraqueza”.

eua,mundo,vladimir-putin,russia,nacoes-unidas,onu,
Foto
Joe Biden discursou no segundo dia de intervenções na Assembleia Geral da ONU EPA/JUSTIN LANE